Avaliação Externa

AVALIAÇÃO EXTERNA 

Neste espaço disponibiliza-se Legislação, Formulários, Calendarização e o Regulamento relativos à AVALIAÇÃO EXTERNA a realizar no âmbito da ADD - Avaliação de Desempenho Docente.

Regulamento da Bolsa de Avaliadores Externos (BAE) -Alterado a 29 de maio de 2013

Orientações para Procedimentos de Avaliação Externa do Desempenho Docente

Bolsa de Avaliadores Externos

Documentos normativos

Formulários (Documentos em formato doc)

Requerimento para observação de aulas

Declaração de comunicação de impedimento

Pedido de escusa

Avaliação Externa |Alteração à Calendarização de Observação de aulas

Plano de Ação

OPlano de Acção do Centro de Formação de Escolas do Concelho de Almada - AlmadaFormacontempla, por um lado, as orientações expressas pelo Sistema Educativo, relativamente à formação de Pessoal Docente e Não Docente, por outro, as necessidades identificadas nas Escolas Associadas e integra, estrategicamente, dispositivos de formação que procuram proporcionar saberes e competências capazes de garantir uma consecução de qualidade aos objectivos fixados, nos respectivos Projectos Educativos e no desenvolvimento profissional dos docentes e não docentes, destinatários deste Plano.

Através do presente Plano propõe-se responder à satisfação das necessidades identificadas, junto dos docentes das escolas associadas, de forma a proporcionar a obtenção do número mínimo de horas de formação contínua, para efeitos da avaliação de desempenho em 2009 e de contabilizar horas de formação contínua, para a progressão em carreira em 2009 ou 2010. Neste sentido, foi considerado um universo de 1860 professores e educadores, num total de cerca de 2800. Em relação ao pessoal não docente visa-se contemplar cerca de 200 profissionais, num universo de 900.

Com este Plano pretende-se, paralelamente, promover o acréscimo dos níveis de qualidade da acção educativa, visando a melhoria das aprendizagens, o decréscimo do abandono escolar e a inclusão. Os resultados dos alunos são um dos mais fortes e significativos motivos que fundamentam as opções assumidas na sua organização. Reforça-se – com esta proposta – a abertura reflectida e consistente à mudança, apostando, assim, na satisfação das necessidades formativas dos Docentes, dos Não Docentes, das Escolas e do Sistema.

Para tal, torna-se imprescindível que os destinatários da acção formativa sejam, eles próprios, os responsáveis pela tarefa de identificar as suas necessidades, a partir da observação reflexiva das suas práticas e dos seus contextos de trabalho. Sob este procedimento serão consciencializados, de modo pertinente, os aspectos pedagógicos/didácticos menos conseguidos, funcionando estes como indicadores relevantes para a estruturação curricular das acções de formação propostas.

Neste contexto, o conteúdo do presente Plano é resultado do processo de levantamento de necessidades levado a efeito pelas escolas e respectivos professores em interacção com as necessidades identificadas pelo Sistema Educativo. Este procedimento foi, primeiro, antecedido por um trabalho de discussão e de reflexão junto dos órgãos de gestão das escolas, em ordem a clarificar e consensualizar os objectivos de tal estratégia e, depois, seguido de um debate final para um melhor conhecimento dos aspectos tidos como mais lacunares no seio das comunidades escolares envolvidas. Sob esta perspectiva pretendeu-se:

· Responsabilizar os destinatários da formação pela identificação das necessidades formativas, envolvendo os órgãos de gestão em processos de avaliação interna dos aspectos pedagógicos e didácticos mais frágeis, garantindo, também, a realização e implementação das acções do Plano nos diferentes estabelecimentos de ensino, assegurando, estes, a sua logística.

· Subordinar, tanto quanto possível, o Plano de Formação a uma lógica de resolução de problemas, efectivamente identificados pelos seus destinatários, com recurso a dispositivos de formação disponibilizada pelos Serviços Centrais do M.E (DGRHE e DGIDC).

· Contratualizar com entidades externas (Universidades: FCT, FLUL e ESELX e Associações Profissionais de Professores: APPI, APH e APG), de modo a operacionalizar o Plano, em conformidade com as normas legais (Despacho 18038/2008), no âmbito das Ciências da Especialidade, promovendo a dimensão científica da formação e a aprofundamento de experiências de inovação pedagógica.

No levantamento de necessidades de formação realizado, junto das Escolas Associadas, as áreas prioritárias identificadas, por ordem de maior sinalização, foram as Ciências da Especialidade (Áreas Curriculares), com particular enfoque em Português Língua Não Materna; a Gestão de Sala de Aula (Indisciplina e Gestão de Conflitos); as Tecnologias de Informação e Comunicação, com 100% das preferências, a Avaliação com 75%, as Necessidades Educativas Especiais, com 55 % e a Biblioteca Escolar, com apenas 15%.

Verifica-se, assim, haver coincidência na identificação das necessidades formativas, por parte das Escolas e do Sistema Educativo, em três áreas de intervenção pedagógica: Ciências da Especialidade, T.I.C. e Avaliação do Desempenho, relativamente ao pessoal docente.

No que se refere ao pessoal não docente, exceptuando-se a avaliação – SIADAP e os 1ºs Socorros, o levantamento efectuado foi coincidente com as áreas priorizadas pelo Sistema.

Com este Plano de Acção propomo-nos abranger cerca de 70% dos formandos (PD e PND), procurando satisfazer adequada e qualificadamente as necessidades identificadas, razão pela qual se incluíram respostas formativas de vários parceiros, Universidades e Escolas Superiores de Educação, Associações Profissionais de Professores e Ministério de Educação.

É, assim, neste quadro de análise das necessidades identificadas pelos diferentes actores educativos, que se fundamenta e desenha o Plano de Acção /2009 do Centro de Formação de Escolas do Concelho de Almada-AlmadaForma.

Estrutura Organizativa

São órgãos de direcção e gestão do Centro de Formação de Escolas do Concelho de Almada – AlmadaForma:

a Direcção:

Directora do Centro:

Maria Adelaide Paredes da Silva — Professora da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto

Assessorias:

Técnica-Financeira:

Pedro Teixeira – Professor do Agrupamento de Escolas da Caparica

Pedagógica:

Cristina Loureiro dos Santos – Professora do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade

Filomena Crispim de Sousa – Professora do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade

Luís Ayres Marques – Professor do Agrupamento de Escolas António Gedeão

Informática:

Jorge Teixeira - Professor da Escola Secundária Cacilhas-Tejo

Rui Baltazar – Professor do Agrupamento de Escolas Emídio Navarro

Administrativa:

Margarida Cruz

Consultor:

José Manuel Lemos Diogo

a Comissão Pedagógica, constituída pelos diretores de todas as escolas/agrupamentos associados.

o Conselho de Acompanhamento da Gestão Administrativo-Financeira (C.A.G.A.F)

Directora da Escola-Sede – Maria Manuela Dâmaso dos Santos

Assessor Técnico-Financeiro – Pedro Teixeira

Representante da Comissão Pedagógica – António Mateus

Chefe dos Serviços Administrativos – Alexandra Gregório

Missão e Objectivos

A importância estratégica que a Formação detém nos caminhos para a construção de uma autêntica escola de qualidade é uma evidência que nos parece indiscutível, consubstanciando um meio intrinsecamente eficiente para tornar a cultura organizacional e pedagógica das escolas cada vez mais capaz de responder às necessidades educativas de todos os alunos.

Pretende-se que a formação se desenvolva, preferencialmente, numa interacção profunda com os contextos profissionais dos destinatários e sob uma lógica de identificação e de resolução de problemas existentes em cada uma das escolas, mormente os que emergem na sala de aula.

Toda a actividade desenvolvida peloCentro de Formação de Escolas do Concelho de Almada – AlmadaFormapreconiza a valorização profissional, pessoal e social dos Educadores, dos Professores e da Comunidade em geral, apontando para o desenvolvimento de uma consciência pessoal e colectiva, capaz de corresponder aos grandes desafios nacionais. Neste sentido, pretende-se desenvolver e inovar a Escola, enquanto instituição de referência fundamental, respondendo aos desafios propostos pela globalização.

Conquanto a maior parte do trabalho a desenvolver se materialize à escala local, junto das Escolas Associadas, subsiste uma lógica de integração nos contextos mais alargados das grandes metas europeias, definidas na chamada “Estratégia de Lisboa” e dos objectivos nacionais para a integração das tecnologias nos diferentes sectores de actividade, no sentido de nos constituirmos como uma sociedade mais competente e competitiva.

Considerando cada comunidade local como comunidade de aprendizagem e educação, este centro de formação assume, também, neste contexto, um pertinente papel, configurando-se como recurso estratégico de resposta às necessidades formativas e de aprendizagem d- as comunidades envolventes. Nesta linha de pensamento pretende concorrer para o crescimento cultural da população e, consequentemente, para o reforço da sua qualidade de vida, nomeadamente, no Concelho de Almada:Cidade Educadora.

Assim, os seus principais objectivos são:

  • Conceber e implementar Planos de Acção que contemplem as necessidades identificadas pelas escolas associadas, no âmbito dos respectivos projectos educativos;
  • Reforçar e actualizar, nos destinatários da formação, os saberes conceptuais, atitudinais e procedimentais subjacentes a uma educação de qualidade;
  • Activar procedimentos formativos que estimulem a autoformação, a investigação e a emergência de práticas inovadoras e eficazes no contexto do ensino-aprendizagem;
  • Estimular os processos de mudança ao nível das escolas e dos territórios educativos em que estas se integram susceptíveis de gerar dinâmicas formativas;
  • Promover o uso das TIC em contextos inter e transdisciplinares, fomentando o desenvolvimento de projectos educacionais colaborativos e comunidades virtuais de aprendizagem;
  • Estimular e consolidar atitudes e metodologias de trabalho colaborativo ao nível docente e discente, desenvolvendo novas competências e partilhando recursos e boas práticas;
  • Promover a melhoria dos processos de gestão dos estabelecimentos de educação e de ensino locais, sob uma lógica de uma autonomia responsável;
  • Promover numa lógica de inovação e contextualização o desenvolvimento das competências profissionais do pessoal não docente;
  • Apoiar programas de reconversão profissional, de mobilidade profissional e de complementos de habilitações;
  • Contribuir para a elevação do património cultural da comunidade local, estabelecendo parcerias no sentido da construção de uma rede responsiva e promotora de inclusão social, particularmente articulando projectos desenvolvidos pelas escolas com os órgão de poder local;
  • Criar e gerir Centros de Recursos.

Caracterização do Centro

O Centro de Formação de Professores do Concelho de Almada – AlmadaForma foi criado pelo  Despacho nº 18038/2008 de 4 de Julho de 2008  e integrou os dois Centros de Formação existentes no Concelho: Centro de Formação da Associação de Escolas de Almada Ocidental-Proformar e o Centro de Formação Almada-Tejo.

Actualmente, atende cerca de 2800 Docentes e 800 não docentes das 8 Escolas do Ensino Secundário e dos 12 Agrupamentos de Concelho, com sede na Escola Secundária do Monte de Caparica, no Pavilhão B, 1º Andar.

Este Centro é coordenado pela sua Directora Professora Maria Adelaide Paredes da Silva, que foi eleita, por concurso, promovido pela Comissão Pedagógica do referido Centro.

A filosofia subjacente à criação do Centro de Formação centra-se no papel que a Escola deve desempenhar na concepção, organização e operacionalização da formação contínua dos profissionais da Educação, releva da importância de centrar a formação contínua na qualificação dos docentes e não docentes e no serviço público prestado pelas escolas, nomeadamente no que concerne ao processo de ensino-aprendizagem e à consequente melhoria dos resultados escolares. Neste sentido, sempre que necessário o centro de formação apoia as escolas associadas no levantamento das suas necessidades de formação e na elaboração dos respectivos planos de formação, concorrendo para a elaboração dos seus próprios planos de acção, em parceria com as instituições de ensino superior e associações profissionais de professores, conforme o estabelecido na legislação, em vigor.

Escolas Associadas

 anselmo

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade

Endereço: R. Ramiro Ferrão, 2809-011 Almada

Telefone: 21 272 3590

www.anselmodeandrade.pt/

gedeao

Agrupamento de Escolas António Gedeão

Endereço: Alameda Guerra Junqueiro 11, 2814-503 Laranjeiro

Telefone: 21 250 9540

http://ageantoniogedeao.pt

 aecc

Agrupamento de Escolas Carlos Gargaté

Praceta Frederico de Freitas, 2821-002 Charneca de Caparica

Telefone: 21 297 9660

www.crelorosae.net/joomla/

 caparica

Agrupamento de Escolas da Caparica

R. Projectada V à Rua da Urraca, 2825-105 Monte de Caparica

Telefone: 21 294 6120 / 21 294 6121 / 96 133 9289 / 96 133 9269

http://esec-monte-caparica.com

 daniel

Agrupamento de Escolas Daniel Sampaio

Endereço: R. Dr. Alberto de Araújo, 2815-811 Sobreda

Telefone: 21 294 5650

www.esec-danielsampaio.pt/

 aeeg

Agrupamento de Escolas Elias Garcia

Endereço: R. Manuel Parada, 2815-798 Sobreda

Telefone: 21 294 7060

www.agrupamentoeliasgarcia.com/

 Logo agrupamento AEENreduzido

Agrupamento de Escolas Emídio Navarro

Endereço: Av. Rainha Dona Leonor, 2805-009 Almada

Telefone: 21 274 5495

www.aeen.pt/

 

aefs

Agrupamento de Escolas Francisco Simões

Endereço: R. Jorge Pereira, 2810 Almada

Telefone: 21 250 9530

http://esfsimoes.edu.pt/

miradouro

Agrupamento de Escolas Miradouro de Alfazina

Endereço: R. Miradouro de Alfazina, 2825-015 Caparica

Telefone: 21 294 5510

http://miradouroalfazina.com/

 aemc

Agrupamento de Escolas do Monte de Caparica

Endereço: R. dos Três Vales, 2829-505 Caparica

Telefone: 21 294 9700

http://aemontecaparica.edu.pt/

aerc

Agrupamento de Escolas Romeu Correia

Endereço: R. Virginia Moura, 2814-501 Feijó

Telefone: 21 259 2241

https://www.sites.google.com/site/agrupamentoescolasrc/

aerlg

Agrupamento de Escolas Prof. Ruy Luís Gomes

Endereço: Av. Prof. Rui Luís Gomes Lote 1A, 2814-504 Laranjeiro

Telefone: 21 253 0759

http://ave.ruyluisgomes.org/

trafaria

Agrupamento de Escolas da Trafaria

Endereço: R. São Pedro, 2825-851 Trafaria

Telefone: 21 291 8220

www.aetrafaria.pt/

esct

Escola Secundária Cacilhas-Tejo

Endereço: Praça Gil Vicente 6 – Cacilhas, 2804-506 Almada

Telefone: 21 273 6220

www.escacilhastejo.org/

esfmp

Escola Secundária Fernão Mendes Pinto

Endereço: R. Luís Serrão Pimentel, 2804 Almada

Telefone: 21 273 8230

www.esfmp.pt/

 

documento novo 318 11674

 

Ficha de Inscrição Online

Maior comodidade. Mais eficaz. Inscreva-se online nas nossas atividades e ações de formação.

Comunidades Virtuais - A nossa presença na web

 moodle  fb ytube

PROFORMAR

 

Vox Populi

Participe no nosso fórum.

vox

Projetos em destaque

 

logo


estoriaspeq


rain2

 

Avaliação Externa

avaliacao externa